festival-curitiba1x
start date 29/03/2022
map icon Alfaiataria Espaço de Arte

Bate papo com Lenise Pinheiro sobre a exposição “30 anos Festival de Curitiba”

Bate papo com Lenise Pinheiro sobre a exposição “30 anos Festival de Curitiba”

Bate papo com Lenise Pinheiro sobre a exposição “30 anos Festival de Curitiba”

Bate papo com Lenise Pinheiro sobre a exposição “30 anos Festival de Curitiba”
Venda do Livros “Fotografia de Palco I e II”, no local.  Sessão de autógrafos.
Mediação: Celso Curi
Convidados: Maringas Maciel, Elenize Dezgeniski e Daniel Sorrentino
Local: Alfaiataria
Data: 29/03
Horário: 15h
Entrada Livre

SOBRE A AUTORA
Lenise Pinheiro começou a dedicar-se à fotografia de teatro na década de 1980 e, desde então, registrou as
produções dos mais expressivos diretores brasileiros. É a fotógrafa oficial de todas as edições do Festival
de Teatro de Curitiba (PR) desde 1992, e realizou uma série de exposições individuais. Em 1998, seu
relacionamento com a imprensa a levou a publicar regularmente suas fotos no jornal Folha de São Paulo,
além de manter o blog Cacilda em parceria com o jornalista Nelson de Sá. Atualmente, é a principal
fotógrafa dos teatros brasileiros.
Sobre os livros
A obra é organizada em sete capítulos: Camarins, Ensaios Pessoais, Figurinos, Cenários, Iluminação,
Cenas e Créditos. De acordo com Lenise, essa sequência reflete a forma como se dá a evolução de uma
produção teatral, sendo muito tênue a linha que separa uma etapa da outra. As imagens escolhidas para
iniciar cada capítulo são repletas de significado e contém uma mensagem da autora. Os camarins, por
exemplo, são ilustrados pelo diretor Antunes Filho, que raramente se deixa fotografar naquele ambiente.
Já o capítulo “Iluminação” é iniciado com Roberto Alvim, diretor do Club Noir e um conhecido
provocador nesse quesito.
Lenise também assina o projeto gráfico do livro, o que garante que o desenho das páginas siga a mesma
lógica e acompanhe a evolução de uma montagem teatral. Os critérios para a seleção das fotografias
envolvem desde uma peça que a tenha emocionado, um recorte estético interessante, a força cênica
presente numa imagem, até a decisão de valorizar o trabalho de alguém que esteja em início de carreira ou
de sacralizar alguém amplamente conhecido.
Danilo Santos de Miranda descreve na apresentação do livro que “a fotografia de palco captura o instante
em que o objeto irrompe o universo do fotógrafo, revelando o ator, as cenas e os bastidores da vida. Ela
desvela a visão de mundo, técnicas, recortes e formas de composição que instigam o artista por trás das
câmeras. Fotografar o teatro, atentando para suas minúcias e catarses, também traz às artes cênicas um
potencial inegável de memória e transformação. Constitui-se, portanto, num ato político e criador”.

Executive XpeedStudio LLC

Sr. Engineer XpeedStudio LLC

Product Lead XpeedStudio LLC

Compartilhe nas redes sociais

  • Data: 29/03/2022
  • Local: Alfaiataria Espaço de Arte
Entre os dias 29 de março e 10 de abril, você tem um encontro com a arte, os palcos, a vida!

Menu

Entre os dias 29 de março e 10 de abril, você tem um encontro com a arte, os palcos, a vida!