Fúria

Horários e locais

04/04 (Quinta-Feira) às 21:00 em Teatro da Reitoria (Rua 15 de Novembro, 1299 Centro)

05/04 (Sexta-Feira) às 21:00 em Teatro da Reitoria (Rua 15 de Novembro, 1299 Centro)

Descrição

De que lugar estamos falando? Por que estamos falando? Sobre quem estamos falando? Como estamos falando? Para quem estamos falando? Clarice Lispector em "A paixão segundo GH", diz: ' O mundo só não me amedrontaria se eu passasse a ser o mundo. Se eu for o mundo, não terei medo. Se a gente é o mundo, a gente é movida por um delicado radar que guia.’ Como nos tornamos mundos? Como podemos ser guiados por um radar delicado e, neste lugar, específico e singular que é o palco, criar um mundo? Um mundo de estrondos e fúrias.

 

*Contém cenas de nudez

Ficha Técnica

Criação: Lia Rodrigues

Assistente de criação: Amália Lima

Dançada e criada em estreita colaboração com: Leonardo Nunes, Felipe Vian, Clara Cavalcanti, Carolina Repetto, Valentina Fittipaldi, Andrey Silva, Karoll Silva, Larissa Lima, Ricardo Xavier Dramaturgia: Silvia Soter

Colaboração Artística e imagem: Sammi Landweer

Criação de luz: Nicolas Boudier

Produção e difusão internacional: Thérèse Barbanel

Produção Brasil: Gabi Gonçalves - Corpo Rastreado

Secretaria: Glória Laureano

Professores: Amália Lima, Sylvia Barreto MOSTRA 2019

 

Coprodução: Chaillot – Théâtre national de la Danse, Paris, França / Centquatre Paris, França/ Fondation d’entreprise Hermès dans le cadre de son programme New Settings / Festival d’Automne de Paris /MA scène- nationale, Pays de Montbéliard, França/ Künstlerhaus Mousonturm Frankfurt am Main, festival “Frankfurter Position 2019 –BHF-Bank-Stiftung”, Alemanha/ Kunstenfestivaldesarts ,Bruxelas, Beelgica/ Teatro Municipal do Porto /Festival DDD - dias de dança, Portugal/Theater Freiburg, Alemanha/ Les Hivernales- CDNC, França/ Muffatwerk, Munique, Alemanha

 

Uma realização da Lia Rodrigues Companhia de Danças com o apoio da Redes da Maré e do Centro de Artes da Maré.  Lia Rodrigues é artista associada ao Chaillot-Théâtre national de la Danse e ao Centquatre,França.

Agradecimentos: Zeca Assumpção, Inês Assumpção, Alexandre Seabra, Mendel Landweer, Jacques Segueilla , equipe do Centro de Artes da Maré e da Redes da Maré

Comentários