VEM AÍ 2022 30º Edição

História

O Festival de Curitiba começa como um presente de aniversário para a cidade em 1992 e inaugura um capítulo brilhante no calendário da cultura brasileira. Desde então promove o encontro das artes com o entretenimento na capital do Paraná e reforça a cada edição a marca de maior Festival de artes cênicas da América Latina.

No ano de 1998 o Festival de Curitiba importa a primeira edição do Fringe, uma mostra que surge espontaneamente em 1947, em Edimburgo, na Escócia. O Fringe nasce quando companhias de teatro que não estavam na programação do Festival Internacional de Edimburgo resolvem criar um evento paralelo à margem do oficial – a partir desta data outros Fringes surgem pelo mundo e em Curitiba não seria diferente. O espaço aberto, democrático e sem curadoria recebe companhias artísticas do Brasil e do mundo que vêm ao Festival em busca de visibilidade, audiência e crítica especializada.

Novos públicos buscam novas alternativas de entretenimento e em 2003 acontece a primeira versão do Risorama que reúne grandes nomes do stand-up comedy nacional. Cinco anos depois, em 2008, é hora do Gastronomix celebrar a gastronomia e a música em uma programação única que contempla as criações de chefs renomados no cenário.

No mesmo ano tem início o Programa Guritiba, que promove a formação de plateia em áreas de vulnerabilidade social e atua em pilares como educação, arte e apropriação de espaços culturais da cidade. Na sequência, em 2009, o MishMash inaugura a magia das artes circenses no roteiro do Festival e finalmente em 2017 começam as Interlocuções, onde oficinas, encontros críticos, palestras e outras atrações aprofundam os debates propostos pelos espetáculos do Festival.

Em 2020, por conta da Pandemia do Covid-19 o Festival não aconteceu de forma presencial, mas em Setembro realizamos o FestOnline, o aclamado cantor, compositor e rapper paulista Emicida, foi o convidado para abrir a programação online, com o seu projeto “Emicida – Live Show”, tivemos também um bate sobre Mediação Teatral. com convidados especialistas no assunto, o Curso “Compor a Cena”, com Paulo Moraes da Cia Armazém e ainda o espetáculo “Antunes Filho : $odoma \G/omorra”, com Matheus Nachtergaele, Grace Passô e grande elenco.!

Agora estamos nos preparando para 2022, onde faremos o nosso grande retorno! Estamos ansiosos para voltar! Aguarde!

Cidade: o palco de todos
X

Processo de cancelamento de ingresso





Seu pedido de cancelamento foi recebido.

A produção do festival entrará em contato na sequência.